Politica

Flávio Dino alerta sobre grupos neonazistas no Maranhão

Operações recentes no Maranhão, Goiás e São Paulo identificaram jovens identificados com movimentos neonazistas “assediando” jovens a propagar discurso de ódio.

O ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, Flávio Dino (PSB), vai sugerir o reforço do policiamento ostensivo nos próximos dias em todos os estados do país, em razão da multiplicação de postagens ou boatos atinentes ao dia 20 dia de abril, data refere-se ao aniversário do ditador político alemão Adolf Hitler, nascido em 1889, que serviu como líder do Partido Nazista e responsável pelo o genocídio em massa de cerca de seis milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Neste mesmo dia, ocorreu o Massacre de Columbine, ataque a uma escola nos Estados Unidos, em 1999. Dois alunos da escola mataram outros 12 alunos e uma professora. O atentado chocou o mundo e foi um dos primeiros e mais violentos do tipo.

Durante entrevista coletiva, Flávio Dino revelou, ainda, que operações recentes envolvendo autoridades do Maranhão, Goiás e São Paulo identificaram grupos de jovens adeptos de movimentos neonazistas que estariam “assediando” outros jovens para propagarem discurso de ódio e ameaças contra escolas no estado da região Nordeste. Um grupo foi apreendido em Goiás e em São Paulo nos últimos dias.

Flávio Dino informou que grupos extremistas suspeitos de articularem as ameaças estão usando plataformas digitais e a “deep web” para celebrarem as duas datas. Por conta disso, o ministro da Justiça anunciou ter recomendado aos governadores que reforcem o policiamento nos arredores de escolas devido a ameaças relacionadas à data. “O dia 20 de abril é o aniversário de Hitler.

Não é o aniversário só da tragédia hedionda de Columbine. Então nós estamos atuando na contenção desses agrupamentos, na investigação estamos intensificando. Basicamente a Polícia Federal está atuando em relação aos grupos nazistas e neonazistas propagadores de condutas criminosas a partir dessa inspiração ideológica.

E as policiais civis, coordenadas pelo Ministério da Justiça e Senasp [Secretaria Nacional de Segurança Pública], nessa rede chamada Cyber Web, que é a nossa rede de delegacia de crimes cibernéticos e com os estados atuando na contenção.

As operações têm sido diárias, porque houve esse descontrole a partir de um certo momento no Brasil que se banalizou a violência. E essa banalização da violência ampliou o que já existe”, ressaltou Flávio Dino.

Durante a entrevista Flávio Dino, acrescentou que já existe uma análise da atuação desses agrupamentos há mais de uma década no Brasil, mas isso foi exponencialmente ampliado por essa ideologia, e que por isso, se faz necessário conter esse ambiente se difunde pela internet.

Re­for­ço à se­gu­ran­ça no en­tor­no das es­co­las
Por orientação do governador Carlos Brandão (PSB), o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Maurício Martins, se reuniu, na semana passada com representantes do Ministério Público do Maranhão (MPMA), Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), além de entidades representativas de escolas com o objetivo de tratar medidas que reforcem a segurança no entorno das escolas.

Durante a reunião, o secretário Maurício Martins informou que as forças de segurança pública do estado já atuam de forma preventiva, com ações de inteligência, policiamento e ações educativas, lado a lado da comunidade escolar, e assegurou o compromisso do governo com reforço a todas essas ações.

“De forma preventiva, o governador Carlos Brandão determinou, desde o início do calendário escolar deste ano, o reforço de todas as ações que envolvam a segurança escolar. E nós estamos fazendo isto com prioridade”, garantiu Maurício Martins. O secretário de Segurança também destacou a importância da reunião para o reforço do diálogo a fim de garantir um ambiente escolar seguro.

“É fundamental ampliar e manter este diálogo que estamos tendo hoje para o reforço das ações integradas envolvendo todos os entes do poder público e da sociedade civil para garantir um ambiente seguro para estudantes, seus familiares e profissionais do ensino”, disse.

Como medida, a Secretaria de Segurança Pública informou que a partir desta segunda (10), além do Batalhão Escolar e Ronda Escolas, a Policia Militar está orientada a intensificar o trabalho de patrulhamento com viaturas, realizando rondas abordagens e pontos fixos no entorno das escolas públicas e privadas de todo o estado. A atuação do Batalhão Escolar e da Ronda também será reforçada com mais efetivo e viaturas policiais exclusivas destacados para o trabalho.