Brasil

Atividades do Janeiro Branco na rede estadual de saúde estimulam o autocuidado

No Maranhão, as unidades da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) intensificaram atividades da campanha Janeiro Branco, fortalecendo a promoção da saúde mental. Rodas de conversa, promoção do bem-estar físico e mental, além de orientações sobre a rede de atenção à saúde mental foram são temas das atividades.

A Maternidade Humberto Coutinho e o Hospital da Criança promoveram ações, nesta segunda-feira (15), em Colinas. Gestantes atendidas no Ambulatório Especializado da maternidade puderam tirar dúvidas com a psicóloga Priscila Soares sobre cuidados com a saúde emocional, onde procurar ajuda em situações de crise e sobre os objetivos da campanha Janeiro Branco.

Além disso, a ação ofertou orientações sobre hábitos saudáveis, como a boa alimentação, atividade físicas, a importância de cultivar hobbies, exercitar a troca nas relações fraternas, desenvolver o autoconhecimento com auxílio de terapia, como afirma também a psicóloga do Hospital da Criança, Ana karolyne de Freitas Melo Bezerra. “São estratégias para uma vida mais equilibrada: autoconhecimento, autocuidado e autoaceitação”, pontuou.

As unidades de saúde ofertam atendimento aos pacientes internados e também aos profissionais, em demandas específicas. A Maternidade Humberto Coutinho já realizou 1.198.114 atendimentos em pouco mais de 6 anos; o Hospital da Criança de Colinas mais de 1.033.992 atendimentos em 4 anos.

No Hospital Regional de São Mateus, a unidade iniciou as atividades alusivas ao Janeiro Branco entre os dias 8 e 12 de janeiro. “A ênfase desse ano é o autocuidado, estimulando os colaboradores a desenvolverem a responsabilidade e compromisso no cuidado consigo. Sinais e sintomas que indicam quando é o momento de buscar ajuda psicológica e/ou psiquiátrica, também foram abordados”, disse a psicóloga do hospital, Míriam Raquel Castro.

As palestras na unidade de saúde abordaram temas como saúde mental, a autorresponsabilidade e o combate ao preconceito quanto à doença mental, psicoterapia e medicação psicotrópica. O hospital tem à disposição serviço de assistência psicológica aos pacientes, em regime de internação (gestantes e parturientes), além do suporte aos familiares. Aos colaboradores é garantido palestras e em caso de emergência psicológica o colaborador é encaminhado para acompanhamento na rede municipal, após atendimento emergencial.

Presidente Médici

Na quarta-feira (10), a equipe do Hospital da Criança de Presidente Médici promoveu palestra e dinâmica sobre aspectos relacionados à empatia entre os profissionais da unidade e orientações sobre saúde mental, ministrados pela psicóloga Daniele Aguiar e o fisioterapeuta Carlos Eduardo Lopes. A unidade de saúde tem serviço de psicologia direcionado para atendimento aos pacientes e familiares, além de suporte aos profissionais em situações emergenciais.

Colinas

A temática da campanha Janeiro Branco foi abordada quinta-feira (11), na Maternidade Humberto Coutinho, em Colinas, pela psicóloga Gessiane Barros. “Realizamos uma roda de conversa com os profissionais abordando sobre a importância da saúde mental e explicando o motivo da campanha por meio de uma dinâmica sobre mitos e verdades finalizando com entrega de lembranças”, pontuou.

São Luís

Na Maternidade Benedito Leite, em São Luís, a equipe realizou sexta-feira (12) uma dinâmica interativa abordando aspectos da saúde mental, autocuidado, assertividade, importância de falar sobre as emoções, reconhecimento corporal, fortalecimento das relações interpessoais e intrapessoal, meditação, genética, contexto social, físico, mental e emocional.

A unidade de saúde faz o acolhimento de pacientes e colaboradores, com suporte técnico fornecido pela equipe de Psicologia, que identifica a demanda e orienta qual a maneira mais adequada para dar continuidade, direcionando para unidades de referência.